Compose Method /ou: Simple Solutions?

Posted: 13 de fev de 2008 | . David Lojudice Sobrinho | tags:

Vendo a entrevista do Kent Beck (o cara do XP), falando sobre seu novo livro, o Implementation Patterns, ele diz que um dos patterns centrais do livro é o Compose Method. Basicamente é isso:

"Transform the logic into a small number of intention-revealing steps at the same level of detail."



Ele explica que existem dois motivos para usar esta técnica. A primeira é a decomposição da lógica, criando reutilização. Mas a principal é a facilidade de leitura do código.

Não me agrada muito a idéia de ter 3 "sub-métodos" para cada método "real". Com sorte, vou reutilizar 1 "sub-método". E multiplicando o número de "sub-métodos" pelo número de métodos "reais", o resultado é um monte de métodos que expressam pouco a funcionalidade da classe.

Se o problema é facilidade de leitura, você, caro desenvolvedor C#, já tem a ferramenta para isso: #regions



Ou seja, todas essas idéias novas são legais, mas cuidado pra não descartar as soluções simples.

0 comentários: